Temas - Felicidade


Rico não é quem mais tem, mas o que menos precisa

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Depois de 25 anos de formados, diversos profissionais que obtiveram sucesso em suas carreiras, resolveram visitar um antigo professor do primeiro ano de Faculdade, que estava aposentado e vivia em pequeno sítio no interior. Muito feliz com a homenagem, o velho mestre acolheu todos em torno da mesa da cozinha para um delicioso café. Depois dos discursos que mostraram a importância do docente na vida profissional dos ex-alunos, a conversa girou em torno do estresse do cotidiano, em razão de tanto trabalho e afazeres. O professor pegou enorme bandeja e disponibilizou variedades de xícaras de porcelana, vidro, cristal madeira e plástico. Algumas eram simples e baratas, outras decoradas e exóticas; várias com preço elevado. Após inserir café em todas elas, disse: “Meus caros alunos, escolham suas xícaras para brindarmos por esta comemoração”. Quando todos o fizeram, o professor limpou a garganta e resolveu fazer breve discurso: "Como puderam notar, as xícaras mais belas foram escolhidas rapidamente, as mais simples e baratas ficaram por último. Isso é natural, todo mundo prefere o melhor para si mesmo. Mas essa é a causa de muitos problemas relacionados com o que vocês chamam de estresse e que pode gerar doenças e até infelicidade na vida de cada um. Eu asseguro que nenhuma dessas xícaras acrescentou qualidade ao café. Na verdade, o recipiente apenas disfarça ou mostra a bebida. O que vocês queriam, no íntimo, era provar o café quentinho, não as xícaras, mas, instintivamente, pegaram as melhores”. Naquele instante, os homens começaram a olhar para as xícaras uns dos outros e o mestre continuou: “A vida é o café. Trabalho, dinheiro, status, popularidade, beleza, relacionamentos e tantas outras coisas, são apenas recipientes, que dão forma e suporte à vida. O tipo de xícara que temos não pode definir nem alterar a qualidade da vida que recebemos. Muitas pessoas se concentram em escolher a melhor xícara e se esquecem de apreciar o café! As pessoas mais felizes não são as que têm as melhores “coisas” e sim as que fazem o melhor com tudo o que têm! Vocês acabam de receber a última aula deste velho professor, que descobriu a semana passada que está com câncer. Desfrutem o delicioso café que ainda lhes resta!”. Amigo leitor, se você precisar de alguma coisa que se compra com dinheiro para se sentir bem e realizado, tenho uma péssima notícia para lhe comunicar... infelizmente, você desconhece o verdadeiro significado da palavra felicidade. A pessoa rica não é a que mais tem, mas a que menos precisa. Do que adianta uma cama caríssima se o sono não vem...

 


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar